VIAGENS BARATAS Encontre aqui as viagens baratas que procura!

Segurança em aeroportos

Se existe local onde é necessária máxima segurança, esse local é um aeroporto. É preciso ter muita precaução em relação a questões alusivas a actos terroristas e à própria protecção dos passageiros durante o voo.

Um dos níveis de segurança existentes num aeroporto é aquele que previne um possível ataque terrorista, por exemplo. A verificação de documentos e dos materiais de um cidadão, através de processos de Raio-X são dois dos principais passos para a prevenção num determinado aeroporto. A posse de armas aquando do embarque não deverá ser permitida e, para isso, são estipuladas medidas de prevenção, como já referido, a detecção de qualquer material de origem metálica. A utilização de animais no processo de verificação de materiais potencialmente danosos ou a revisão completa de uma pessoa ou bagagem podem estar na base de suspeitas por parte dos revisores.

Além dos materiais metálicos, também os inflamáveis devem ser excluídos num voo, já que comprometem a segurança dos passageiros a bordo. Isto sem contar com os possíveis contrabandos, que têm que ser evitados ao máximo. A revisão feita nos aeroportos é feita, em grande parte, para evitar este tipo de situações.

seguranca-aeroporto

Mas, como tudo na vida, um dado aeroporto pode ser carenciado de dinheiro sendo, então, mais vulnerável a quaisquer actos menos pacifistas ou até mesmo ao rapto de crianças.

O outro nível de segurança está relacionado com a protecção dos passageiros, excluindo os actos terroristas deste plano. É de extrema importância, num dado voo, que nada falhe. Além da completa profissionalização dos pilotos, entre outros envolvidos no sucesso da viagem, é totalmente preciso que haja uma pista adequada e com o comprimento mínimo. Estas não devem ser menores do que 1km, de modo a não comprometerem o bem-estar dos passageiros.

Ao contrário do que acontece num aeroporto, nas alfândegas, o controlo não é tão feito no sentido de evitar actos terroristas. Qualquer pessoa, maior de idade, pode passar numa alfândega, desde que, como é óbvio, mostre os documentos necessários.

Os principais níveis de actuação preventiva de uma alfândega estão na base de actos contrabandistas, principalmente, ou de rapto de menores. As alfândegas controlam essas possíveis situações através da fiscalização de documentos e das próprias mercadorias, transportadas por quem viaja e quer passar de um país para outro.

No outro caso, ou seja, em caso de possíveis raptos, o maior de idade terá que mostrar uma declaração dos pais, em que estes autorizam a passagem do menor na companhia de quem o leva.

Vivemos numa época de criminalidade, onde fazer o mal é regra e fazer o bem é excepção, por isso, tenha cuidado quando for viajar. Atenção às crianças e às bagagens, qualquer acto suspeito de um indivíduo dirija-se para um local movimentado ou avise os responsáveis do aeroporto, eles saberão como agir.

Partilhar