VIAGENS BARATAS Encontre aqui as viagens baratas que procura!

Ryanair com base operacional em Faro

ryanair-base-operacional-faroMichael O’Leary, presidente da Ryanair, vai estar hoje em Faro para anunciar aquela que será a segunda base da companhia de viagens low cost irlandesa em Portugal. A informação foi confirmada ao Diário Económico por Paulo Campos, secretário de Estado Adjunto das Obras Públicas. Este reforço da Ryanair em Portugal acontece depois da inauguração da base aérea no Aeroporto Sá Carneiro, em Setembro, num investimento superior a 100 milhões de euros.

“Vamos assinar com a Ryanair um acordo que visa a criação de uma base aérea em Faro”, disse Paulo Campos em declarações ao Diário Económico. O aproveitamento das infra-estruturas existentes, tanto no caso do Aeroporto Sá Carneiro, como no caso de Faro, o potenciar do turismo nas duas regiões e o desenvolvimento da economia são para o secretário de Estado Adjunto das Obras Públicas razões suficientes para que o Governo apadrinhe a decisão da Ryanair. Além de que, diz, “irá potenciar a criação de postos de trabalho, não apenas directos, mas também indirectos na medida que estas ligações vão reforçar a atractividade do Algarve enquanto destino turístico”. Em declarações recentes ao Diário Económico, João Moutinho, especialista em aviação explica que “com uma companhia residente em Faro o efeito de captação é muito maior, seja em relação ao mercado externo, seja de portugueses da região que não voavam e passam a voar”.

A criação da nova base, que surge dois meses depois da ‘low cost’ irlandesa iniciar os voos domésticos em Portugal, com duas ligações semanais entre Porto e Faro, permitirá à companhia irlandesa atingir mais rapidamente o objectivo de transportar de e para Portugal cerca de 2,5 milhões de passageiros por ano. Em 2008, o mercado nacional representou para a Ryanair cerca de 1,5 milhões de passageiros.

A ligação entre o aeroporto Sá Carneiro e Faro, com bilhetes a partir dos cinco euros (só ida e dependendo da antecedência de marcação, tem registado uma taxa de ocupação de cerca de 80%, de acordo com os dados divulgados pela empresa no início de Dezembro. Uma base aérea que permitirá à companhia irlandesa reforçar a presença no mercado nacional e em particular no Aeroporto de Faro, que em 2008 recebeu cerca de 600 mil passageiros da Ryanair.

fonte: diário económico

Partilhar